Na Mídia

Marketing 4.0: como esse conceito pode ser aplicado nas clínicas e consultórios?

Aumentar o número de pacientes é o desejo de muitas clínicas e consultórios odontológicos. Porém, conseguir esse feito nem sempre é fácil. A concorrência na área é considerável e conseguir se destacar, se tornar conhecido e captar pacientes fiéis é um desafio crescente nos últimos anos. Para isso, o marketing 4.0 pode ser a ferramenta ideal de atração de pessoas para a sua clínica ou seu consultório.

Diferente do que muitos podem pensar, marketing não é um conjunto de estratégias prontas, ele muda e evolui para se adaptar ao mercado. Por isso, é essencial entender as transformações do mercado para conseguir os melhores resultados. Desta forma, torna-se imprescindível conhecer o marketing 4.0 e saber como aplicar este conceito no seu trabalho.

O que é marketing 4.0?

Mas afinal o que o marketing 4.0 tem de tão especial? Trata-se da fase atual do marketing, depois de anos de estágios com outras bases. O marketing 1.0, por exemplo, é da época da Primeira Revolução Industrial e focava em divulgar puramente os produtos ou serviços, sem se importar com o público. No marketing 2.0, no século XX, o foco passou a ser na marca e na segmentação para driblar a concorrência.

Já no marketing 3.0, na virada do século, as estratégias passaram a tratar os clientes como indivíduos com valores e necessidades. Por ser ainda recente, o marketing 4.0 não surgiu para substituir o 3.0 por completo, na realidade eles atuam de forma complementar. Isto porque o segredo do marketing 4.0 é o uso da tecnologia.

No marketing 4.0, o digital tem papel fundamental de comunicação. Clientes – e pacientes – podem divulgar suas experiências com um serviço nas plataformas sociais virtuais e isto tem impacto direto nos negócios. Eles podem até se tornar divulgadores da marca. A relação entre empresa e cliente também se aproximou. Se antes era um diálogo impossível, hoje as pessoas podem expressar suas opiniões e tirar suas dúvidas direto com a instituição.

Como aplicar o marketing 4.0 na odontologia?

Uma das vantagens do marketing 4.0 para clínicas e consultórios de odontologia é que são utilizadas estratégias de divulgação mais indiretas. Em vez de falar de preços e serviços, fala-se de assuntos interessantes para o paciente. Assim, mostra-se autoridade e conquista clientes sem infringir o código de ética do CRO. Confira nossas dicas para aplicar este conceito.

1. Esteja nas redes sociais: ter uma página para a clínica ou consultório é fundamental para estar onde os pacientes estão e ser capaz de ter uma relação direta com eles. Aposte no lado humano da instituição e conquiste a ponto de os pacientes virarem propagadores.

2. Crie conteúdos: blogs, videos, e-books e podcasts são excelentes para transmitir conhecimento para o público e para conseguir reconhecimento na área. Surpreenda seus potenciais pacientes com conteúdos interessantes.

3. Reconheça a opinião das pessoas: observe o que elas dizem online sobre seu consultório e seus profissionais. Se for crítica, não gere conflitos, busque saídas diplomáticas e use isso para melhorar o serviço.

4. Integre os canais: para ser capaz de se destacar é relevante estar em vários canais, uma vez que é onde o público também está. Mas deve ter o cuidado para que todos se comuniquem e tenham os mesmos valores e informações, para não gerar conflitos.

Entre em contato com a gente através das nossas redes sociais, direct ou se cadastre em nosso site.
[email protected]
💻www.maispacientes.com.br⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Na Mídia

Google Ads: Como os dentistas podem utilizar essa estratégia?

Se uma pessoa tem dúvidas em relação a algum assunto ou precisa de referências sobre determinada empresa ou um tipo de serviço, ela provavelmente vai fazer uma busca no Google, o site de busca mais acessado no mundo todo. Também é quase certo que ela não avance além da primeira página de resultados para encontrar o que procura.

Então, como fazer para que seu consultório odontológico esteja em evidência no maior site de pesquisa do planeta? A solução pode ser o Google Ads, uma plataforma criada pela própria empresa e uma das principais ferramentas para se alcançar sucesso online. Conheça mais sobre essa estratégia e como os dentistas podem utilizá-la.

O que é o Google Ads

Você talvez não reconheça pelo nome, mas certamente já reparou que, no momento de uma pesquisa por produto ou serviço, algumas empresas aparecem com maior relevância no topo dos resultados de sua busca. Esse destaque é possível graças ao Google Ads, a plataforma de publicidade do Google.

O serviço permite que anúncios sejam exibidos em forma de links patrocinados quando um usuário realiza uma busca no sistema, tanto por meio de desktops quanto de celulares. Eles são mostrados, principalmente, nos resultados de pesquisas quando estão diretamente relacionados às palavras-chave digitadas no momento da pesquisa.

O Google Ads (atual Google AdWords) é um sistema simples e inteligente que alia duas questões fundamentais: a necessidade da empresa de fazer um anúncio com destaque e a entrega quase imediata e precisa de um possível produto ou serviço para um potencial cliente. Além do topo de página, os anúncios podem ser exibidos em outros formatos, como vídeos ou banners.

Como os anúncios são criados

Qualquer usuário do Google pode acessar a plataforma Ads e fazer anúncios da forma que achar mais conveniente. Para isso, a pessoa passa por algumas etapas de um processo que visa entender melhor as metas da empresa, da loja ou do serviço oferecido, a fim de criar o anúncio mais preciso possível.

A primeira etapa é a definição do objetivo do anúncio, já que este é ajustado com base nos resultados que o usuário deseja. Isso é definido de acordo com o tipo de negócio e o retorno esperado: “receber mais chamadas na sua empresa”, “atrair mais visitantes para sua loja física” ou “direcionar as pessoas ao seu site”.

A etapa seguinte consiste em definir a área de exibição dos anúncios. Ou seja, no seu caso, você pode escolher que o site do seu consultório odontológico seja exibido para pessoas dentro da cidade onde está localizada ou na região de atuação. Com isso, o Google sabe para quem deve mostrar os resultados.

Depois, é necessário criar a mensagem do anúncio, sendo possível até escolher imagens, caso julgue necessário. Esse momento é muito importante, pois você deve escolher as palavras mais próximas àquelas que serão procuradas. Por fim, você define o orçamento para fazer a publicidade e pronto: seu anúncio terá destaque no Google.

Como os dentistas podem usar o Google Ads

Atualmente, a maioria das pesquisas por produtos ou serviços começa no Google. Com o Ads, você coloca sua clínica odontológica em evidência justamente no momento em que potenciais clientes procuram uma solução para seu problema ou necessidade, seja uma dor de dente ou um clareamento.

Além disso, o Google Ads ajuda a colocar sua clínica em destaque de maneira mais precisa, já que permite atingir clientes da sua região de atuação. E em uma área onde a concorrência é grande, a plataforma se torna uma importante aliada para atrair um público mais específico.

Na Mídia

Como as clínicas podem usar digital influencers na sua estratégia?

Virou febre, hoje, o uso de digital influencer pelas marcas (seja de pequena, médio ou grande porte), figura que surgiu na web e que, com as devidas ressalvas, se assemelha e muito, aos famosos da TV.

Mas, e então, sabia que você também pode utilizar um digital influencer em sua clínica odontológica e, assim, garantir maior divulgação em relação aos seus serviços e à marca? Se é do seu interesse aproveitar melhor as oportunidades, continue a leitura e veja como usar essa estratégia a favor dos seus negócios!

O que é digital influencer?

Antes de mais nada, vale saber o que é, afinal, um digital influencer. Em poucas palavras, podemos dizer que se trata de uma pessoa que é, de certo modo, especialista em um assunto, que pode ser, por exemplo, da área de saúde e qualidade de vida, educação ou negócios. Pelo fato de ser um especialista em um assunto, conquista um público fiel, que pode atingir milhões de pessoas. Além disso, o digital influencer costuma produzir conteúdo diariamente, bem como publicá-lo, com o objetivo de alimentar o seu público e promover interação ou engajamento.

Um exemplo de digital influencer é o Felipe Franco, o qual possui um canal no Youtube e o utiliza para falar sobre saúde e educação. Vale salientar que ele é um atleta e, por isso, passa confiança para o seu público, pois domina o que fala e ensina.

Mas como a clínica pode usar estrategicamente um digital influencer a favor dos seus negócios?

Não é tão simples como muitos acham introduzir um digital influencer na estratégia de marketing de um empreendimento, independentemente do setor em que ele esteja inserido. Isso porque é preciso buscar um digital influencer que esteja alinhado aos objetivos da marca, bem como ao seu nicho de atuação.

Por exemplo: se a marca atua na área de saúde, oferecendo serviços odontológicos, deve buscar profissionais da web que atuem nesse segmento, pois o retorno sobre investimento pode ser bastante positivo.

É mais fácil, compreenda, estabelecer uma ligação com quem já está habituado a determinados conteúdos. Pegando Felipe Franco como exemplo, é mais fácil para o seu público absorver dicas de saúde e qualidade de vida, considerando que o seu foco é justamente esse.

Digitais influencers de outras áreas podem até ser usados em sua estratégia de marketing (observa-se muito isso no mercado), como, por exemplo, alguns que atuam hoje no ramo do entretenimento. Mas veja que ao optar por isso, você estará se preocupando mais com o alcance dos seus serviços do que necessariamente com o público a que ele se destina.

A principal diferença entre um digital influencer que está conectado com os objetivos de sua marca e um que não está, é o fato de que o público do primeiro tem interesse no conteúdo publicado. Felipe Franco tem mais de 3 milhões de seguidores no Instagram e 1,6 milhão de inscritos no Youtube, e isso reflete a quantidade de pessoas que têm interesse no tema saúde, educação física e qualidade de vida. É só um exemplo, mas que destaca a importância de fechar parcerias com quem já sintonizado com os interesses dos seus negócios.

E então, agora que sabe como usar um digital influencer na estratégia do seu consultório odontológico, o que está esperando para aproveitar melhor essa oportunidade? Caso precise de ajuda, é só entrar em contato conosco!

Caso precise de ajuda, é só entrar em contato conosco!

37 3241 3585 / 37 3242 2159

Na Mídia

Conheça 3 táticas para medir a satisfação do seu paciente.

Para que uma clínica encontre a sua chave de sucesso, a fidelização do cliente deve ser uma busca constante. O paciente deve se sentir satisfeito com todo o serviço que é prestado a ele, desde a simples busca por informação até no momento de feedback sobre uma consulta ou procedimento. Fazer essas pessoas se sentirem satisfeitas é rentável para a empresa e ainda um procedimento de boas práticas.

Algo que não se pode deixar de ter em consideração é que um paciente é uma pessoa que está momentaneamente em um estado vulnerável, precisando de cuidados. Ser responsável nesse contato e nas práticas também é um dever ético e empático. Para oferecer um serviço de qualidade, conheça três táticas para medir a satisfação do cliente.

O bom e velho questionário

O questionário não é uma tática ultrapassada, ele sempre traz eficiência porque as respostas a ele são muito diretas. Esta acaba por ser uma das mais simples maneiras de conhecer a opinião do cliente, sem dispersão. O diferencial aqui é fugir de questionários-padrão, pois isso sim está ultrapassado. O melhor é focar em perguntas diretas sobre a etapa que o paciente passou.

Para que haja uma correta avaliação dos serviços prestados, as perguntas devem circundar assuntos como a qualidade do atendimento profissional, se o ambiente é higienizado, se houve os demais funcionários foram atenciosos, etc. Importante é não fazer perguntas que possam ser dúbias ou muito subjetivas. Incluir uma métrica de escala de 0 a 5 faz toda a diferença, além de incluir um espaço para sugestões, críticas e elogios.

Net Promoter Score (NPS)

Já que falamos em métrica, a ferramenta Net Promoter Score (NPS) está sendo cada vez mais utilizada e é ótima para avaliar se o cliente está satisfeito. A proposta está em dividir três grupos, chamados de: detratores, neutros e promotores. Quem não teve uma boa experiência marca em uma escala de 10, de 0 a 6 pontos são os detratores. Se ele atribuir nota entre 7 e 8 são os neutros e 9 ou 10 os promotores.

Deve-se ressaltar que essa é uma atribuição de nota geral, não segmentada por assuntos, mas o universo completo do atendimento. O resultado da diferença entre os números de pacientes promotores e detratores será então o NPS. Quando esse número for negativo, é um claro sinal de que algo está errado e mudanças e melhorias precisam ser implementadas.

Acompanhe o paciente em todo o processo

Como anteriormente falado no texto, o cliente de uma clínica é uma pessoa em estado vulnerável, que precisa de cuidados, seja ele qual for. O objetivo é restaurar a sua saúde física ou mental. O relacionamento H2H (human to human) é essencial para a melhor avaliação dos serviços prestados. A relação entre médico e paciente deve ser sempre humanizada, personalizável e cuidadosa. Todos os demais funcionários também precisam garantir essas características.

Apresentar esse tipo de contato auxilia no processo de cura dele, a qualidade do serviço também é saúde. Portanto, o feedback do cliente acompanhado passo a passo durante a sua jornada na clínica também é uma forma de avaliar. Assim é possível definir estratégias para reduzir o tempo de agendamento por telefone ou aplicativo, por exemplo. Acompanhar e analisar em tempo real também é cuidar.

Na Mídia

Você sabia que até mesmo clínicas e consultórios precisam de uma boa comunicação interna?

Como anda a comunicação interna na sua clínica ou consultório? Sabia que ela pode influenciar na produtividade de seus colaboradores e até no desempenho do seu trabalho?

Se você quiser saber como uma boa comunicação interna auxiliará o bom desempenho da sua clínica ou consultório e o que fazer para melhorá-la, acompanhe conosco.

Quem não se comunica…

É muito comum ouvir reclamações de clientes que chegam a uma clínica e, ao fazerem uma pergunta, percebem que cada atendente diz uma coisa, dificultando a obtenção da resposta, uma vez que as informações são conflituosas.

Além de passar uma má impressão ao cliente, perde-se muito tempo com algo que deveria ser simples, o que se reflete na produtividade do seu negócio. Sim. Sua clínica é um negócio e, como tal, tem de dar lucro e se tornar referência na sua área de atuação.

A comunicação interna tem que favorecer o fluxo de trabalho de forma a torná-lo mais ágil, com acesso a informações em tempo real e, de preferência, sem anotações precárias em papéis.

Organizando a comunicação interna

Clínicas e consultórios envolvem o trabalho com pessoas diferentes, oriundas de culturas diversas e, muitas vezes, com pensamentos diversificados também.

Esse é o mundo globalizado em que vivemos. No entanto, o crescimento de uma empresa, em tal contexto, precisa de investimentos, metas e uma boa gestão, passando, assim, pela organização.

Veja algumas ideias para organizar e melhorar a comunicação interna de sua clínica ou consultório:

1. Padronização

Não adianta alguns membros da equipe usarem WhatsApp; outros, blocos de anotação, post-it etc, o Skype, por exemplo. Não há como todos estarem em todos os aplicativos ao mesmo tempo. Muita coisa pode se perder.

Já existem softwares de gestão de clínicas e consultórios com essa funcionalidade, sem contar com ferramentas gratuitas como Slack e até o Trello, no qual é possível acompanhar o andamento de todas as atividades da clínica em tempo real.

2. Caixa de sugestões

Há um ditado que diz que “na multidão de conselhos há sabedoria”. Assim, ouça o que seus colaboradores têm a dizer. São eles que estão ali na linha de frente e sentem as reais necessidades de melhoria.

A ideia é que você selecione aquelas sugestões viáveis e deixe a sua equipe escolher qual colocar em prática primeiro. Após um período, avalie os resultados. É uma forma de os membros se conhecerem e se engajarem, sem mencionar o sentimento de valorização que isso provocará neles.

3. Newsletter

Além de criar a sensação de pertencimento a algo maior, é uma forma de disseminação da própria cultura organizacional, dos valores e missão da sua clínica ou consultório, de modo que, embora sejam pessoas diferentes, possam todas falar a mesma “língua”.

Boa comunicação: a chave para a confiança nas relações

Uma boa comunicação em clínicas e consultórios é essencial para que a confiança da equipe se solidifique, algo que deve ser palpável para o cliente, principalmente na área médica, na qual credibilidade e segurança são requisitos fundamentais.

Quanto melhor for a percepção do cliente, mais indicações você terá devido à sua boa reputação, aumentando o volume de atendimentos e, consequentemente, o seu lucro.

Por esse motivo, nossa empresa disponibiliza uma consultoria de marketing efetiva, com o intuito de incrementar o número de clientes do seu negócio.

Valendo-se de uma estratégia inovadora, já conseguimos que diversas clínicas e consultórios se beneficiassem com ganhos reais na prospecção de pacientes.

Tal resultado é obtido porque fazemos uma consultoria presencial para entender sua realidade, o que nos faz ser mais assertivos em nossas ações.

Quer saber mais o que podemos fazer por você? Entre em contato conosco, acessando o nosso site.

Na Mídia

Por que a minha clínica precisa investir em um site responsivo?

Não tem mais volta! Estar no digital já virou requisito mínimo para todos os negócios. Entretanto, a presença não é suficiente, há vários detalhes que são importantes na hora de investir em um site para a sua clínica. Sabendo dessa importância, resolvemos lhe explicar a importância não só de ter um site, mas sim de investir em um site responsivo.

Afinal, o que é um site responsivo?

Um site responsivo é pensado, desenvolvido e projetado para se adaptar a qualquer tipo de resolução ou formato de dispositivo. A internet hoje é acessada através de computador, tablets e smartphones e o seu site deve estar preparado para ser funcional e ter um design pensado para cada tipo de formato.

Ou seja, o site responsivo ajusta as dimensões de imagens, de fontes e de todos os elementos visuais para que fiquem proporcionais, atrativos e funcionais dentro de qualquer dispositivo de acesso.

Por que preciso ter um site responsivo para minha clínica?

Os motivos são inúmeros e vamos trazer os principais aqui para você!

Experiência do usuário

Se coloque no lugar do seu cliente ou lead. Se você está buscando o seu serviço e você entra através do seu celular no site da clínica da sua cidade. Na hora de abrir, o site está totalmente desconfigurado, os botões do menu não funcionam e você não consegue ter nenhuma informação sobre essa clínica. O que você faz? Sai deste site e vai para o próximo.

É exatamente isso que o usuário também fará! Oferecer uma boa experiência já na entrada do site é fundamental para que o usuário consiga informações básicas sobre o seu negócio. A verdade é que o usuário nem liga muito quando o site é responsivo (é bem provável que ele nem pense nisso), entretanto, quando o site não é responsivo, o usuário sente na hora.

Site é seu endereço no digital

Assim como você cuida do seu ambiente físico na sua clínica para receber os seus clientes sempre da melhor forma possível, no mundo digital não pode ser diferente. O seu site nada mais é do que a extensão da sua clínica, só que em formato digital. Por isso, preparar o seu site para receber sempre o cliente com o seu site organizado, funcional, adaptado ao dispositivo e com um design amigável é fundamental para que o cliente adquira mais confiança e você tenha mais credibilidade perante a ele.

Mesmo que seu site seja apenas institucional e não um e-commerce, é importante você investir em um site responsivo. Oferecer informações relevantes e detalhadas sobre os serviços que você presta, diferenciais da sua clínica, endereço, telefones, horários de atendimento são essenciais para que mais clientes encontrem o seu negócio e entrem em contato para marcar consultas.

Ofereça tudo isso de forma rápida, adaptada e com as informações organizadas e pensadas no usuário.

Melhor performance do site

Sites que são desenvolvidos em sistemas responsivos apresentam maior velocidade de navegação e, consequentemente, menores taxas de rejeição. A taxa de rejeição é medida pelo número médio de saídas de todas as suas páginas dividido pelo número total de visitantes dentro do mesmo período.

E então, vamos juntos desenvolver um site responsivo para a sua clínica? Ofereça essa experiência para o usuário e receba mais visitas no seu site. Isso aumentará a visibilidade, autoridade e credibilidade da sua clínica. Nosso time é especialista em criar planos de marketing com resultados rápidos para clínicas odontológicas em todo o Brasil. Que tal ter um aumento de no mínimo 200 pacientes em até 5 dias de consultoria? Entre em contato conosco e vamos conversar sobre o seu negócio!

Na Mídia

Como os indicadores de desempenho podem ser utilizados nos consultórios?

Qualquer tipo de negócio, para dar certo, precisa mensurar seus resultados e medir seu desempenho constantemente. Para isso, utiliza-se de alguns indicadores que vão apontar o desempenho segmentado e geral da empresa. Trata-se de uma autoavaliação, com o intuito de melhorar os resultados. No caso de um consultório médico, por exemplo, independentemente da especialidade, esses indicadores também são importantes para o dia a dia e saúde da empresa.

Para as clínicas, esses indicadores podem variar desde a parte financeira, fluxo de caixa, até a quantidade de pacientes que são atendidos diariamente. Qualquer indicador terá a sua serventia para uma análise profunda sobre a situação do negócio.

KPIs

Tais indicadores são mensurados por meio dos KPIs (Key Performance Indicador). Trata-se de uma importante ferramenta para a sua clínica, que vai mensurar seu desempenho nas práticas do negócio, por uma série de indicadores.

Tais indicadores podem ser simples, complexos, segmentados ou gerais, como o seu saldo bancário, até complexas estatísticas fornecidas por seu software de gestão de negócios, por exemplo. É possível também, levantar o número de pacientes da sua clínica, o quanto de demanda existe por determinado período, a taxa de evasão, de retornos etc. Todos eles vão levar a um conhecimento do negócio e a medidas estratégicas para melhorar o desempenho do mesmo.

Vamos conferir agora alguns dos principais indicadores de desempenho para a sua clínica:

Produtividade

Esse indicador vai medir o quanto de tarefas foram realizadas em determinado período. Ou seja, o quanto se trabalhou em prol do negócio. Pode-se segmentar pela quantidade de consultas marcadas pelas atendentes, quantos atendimentos médicos são feitos por profissional, quantos exames etc.

Média de consultas por paciente

Quanto mais consultas por paciente ocorrerem, é sinal de que o tratamento está sendo seguido e aprovado pelo mesmo, e não há evasão para consultórios concorrentes. Já se essa média for baixa, pode indicar o abandono precoce do tratamento ou, de outro modo, que o tratamento foi fácil e obteve um resultado rápido, nesse caso, essas especificações devem estar detalhadas para que não haja erro de interpretação de dados.

Taxa de cancelamentos e faltas

Esses dados vão demonstrar o quanto os pacientes cancelam suas consultas e o quanto faltam sem justificativa. Isso pode indicar uma falha no atendimento ao cliente, que não retorna lembrando da consulta, ou o profissional não conseguiu convencer, seja pela doença em si ou por razões financeiras, de que o tratamento é importante e que o paciente deve retornar.

Capacidade

Esse indicador aponta o quanto a sua clínica tem capacidade para comportar a sua demanda. Exemplo disso é verificar se existe fila de espera. Isso pode indicar que o tempo de cada consulta pode estar demasiado ou que o atendimento não está marcando corretamente os horários. Além desse exemplo, podemos citar a capacidade tecnológica e dos aparelhos usados nos atendimentos ou exames. É preciso que eles comportem e atendam às demandas diárias de uso.

Faturamento

Esse, sem dúvida, é um dos mais preocupantes para as clínicas. Para isso, pode-se contar com um bom sistema de gestão de clínica médica, que consiga prever o faturamento diário e fazer projeções de valores a receber em um determinado período. Assim, o setor financeiro ou o dono da clínica por otimizar a administração do orçamento.

Qualidade

Sem qualidade e satisfação, os clientes não retornam. Por isso, é necessário saber a qualidade dos serviços oferecidos. Avalie, por exemplo, o tempo de espera na recepção, a atenção durante a consulta, a qualidade e eficácia dos tratamentos, o atendimento ao cliente etc.

Na Mídia

Passo a passo para inserir a localização da sua clínica no Instagram.

Instagram é uma das redes sociais que mais tem crescido em território brasileiro nos últimos anos. Por isso, a popularidade da plataforma chama a atenção de clínicas odontológicas que querem se destacar e ganhar autoridade em um mercado muito competitivo. Uma das ferramentas mais úteis oferecidas pelo Instagram para esta tarefa é a localização.

Esta é uma tática muito usual no universo do Marketing para potencializar resultados e alcançar mais pessoas. Ela pode ser usada na bio da página, em posts na timeline da clínica ou até mesmo nos stories.

inserção da localização da sua clínica no Instagram depende, antes de mais nada, da criação de uma Geotag do Instagram. Esta é uma ferramenta que tem a função de compartilhar em tempo real uma localização específica por meio dos posts.

Isso faz as pessoas chegarem até a sua clínica de forma facilitada, sem muitos caminhos, otimizando a experiência do usuário e aumentando o reconhecimento do empreendimento.

Além disso, com a Geotag criada, você pode, ainda, criar mecanismos dentro do marketing digital para incentivar os seus seguidores a marcarem a sua clínica nas próprias publicações. Não seria demais?

Pensando nisso, desenvolvemos um passo a passo para te ajudar a criar uma geotag e inserir a localização da sua clínica no Instagram. Confira.

Passo a passo para inserir a localização da sua clínica no Instagram

Antes de mais nada, é importante explicar que a localização do Instagram é inserida por meio do Facebook. Isso, porque as plataformas são irmãs e, por isso, vinculadas. Mas chega de conversa, e vamos ao que interessa!

Passo 1 – Entre no Facebook pelo computador ou dispositivo móvel e procure um ícone de reticências na tela inicial, abaixo da mensagem “No que você está pensando?”. Agora, é só clicar nele.

Passo 2 – O Facebook vai lhe mostrar novas opções de compartilhamento. Você deverá clicar sobre a opção check-in.

Passo 3 – Agora, você deve digitar manualmente o nome da sua clínica. Preste atenção quando aparecer a opção “Adicionar uma nova localização”. Outra alternativa é marcar opção “Eu estou aqui agora” com o sinal de GPS ativo.

Passo 4 – Agora, você deve escolher uma categoria para o negócio, no caso, clínica odontológica. É preciso, também nesta etapa, definir a localização exata do empreendimento. Para finalizar o cadastro, basta indicar as demais informações pedidas e adicionar uma imagem que represente a clínica.

Passo 5 – Com a localização do Facebook ativa, você deve ir para o Instagram e procurar pela opção “Explorar”. O ícone é representado por uma lupa.

Passo 6 – Na barra de pesquisas que se abrirá, você deve marcar a opção “Locais” e digitar a localidade que você criou no Facebook, verificando se ela já está funcionando. Nem sempre a ferramenta estará disponível automaticamente, podendo demorar algum tempo.Pronto! Você já inseriu a localização das suas clínicas no Instagram! Agora, você já pode usar a localização nos seus posts e stories. Não se esqueça também de atualizar a sua bio.

Gostou das dicas? Somos uma empresa de consultoria de marketing para clínicas odontológicas e estamos prontos para ajudá-lo. Entre em contato e saiba como.